DE BEM COM A VIDA!!!

Formol: tire suas dúvidas e faça o alisamento com segurança.

25 JUN 2014
25 de Junho de 2014
Quer ficar com o cabelo liso, mas não sabe como se proteger do formol? Converse com seu cabeleireiro, conheça os riscos do procedimento e busque tratamentos confiáveis. O resultado: fios bem lisinhos e saudáveis.


 
Formol em quantidade superior à dosagem permitida pela lei faz mal a saúde. Mas aí você se pergunta: eu quero ficar com o cabelo liso, então como posso fazer um tratamento com segurança? Nesta reportagem, ensinamos algumas lições.
 
1. O que é formol?

Também conhecido por formaldeído, formalina ou aldeído fórmico, é uma substância usada para conservar outras substâncias e até tecidos.
 
2. Qual a quantidade de formol permitida em alisamentos de cabelo?

A quantidade liberada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) é de 0,2%. "Assim ele age como conservante e não tem efeito alisante", explica o dermatologista especialista em cabelo Luciano Barsanti.
 
3. Quais os riscos do formol à saúde?

"O formol é tóxico se for ingerido, inalado ou se entrar em contato com a pele. Mas sob a forma de gás - quando aquecido por meio da chapinha e secador - é ainda mais perigoso, pois pode causar irritação do nariz, tosse, diminuição da frequência respiratória, dor de garganta, sensibilização e até ferimentos nas vias respiratórias", alerta Luciano. 
 
4. Há outros componentes nos alisantes que também causam prejuízo?

"Sim, o ácido glioxílico é proibido pela Anvisa pois, quando aquecido, libera um gás prejudicial à saúde. Cuidado, ainda, com os alisantes que levam glutaraldeído (glutaral). A Anvisa permite a concentração máxima de 0,1% deste componente", alerta.
 
5. Existem produtos que alisam o cabelo sem colocar a saúde em risco?

"Sim. Os que levam tioglicolato de amônia, hidróxido de sódio, hidróxido de cálcio e hidróxido de guanidina têm autorização da Anvisa e alisam com sucesso, sem prejudicar a saúde", orienta o médico. Peça para o seu cabeleireiro.
 

7 dicas para alisar sem riscos:

1. Antes de usar o produto, leia o rótulo da embalagem. Verifique as instruções de uso, precauções e advertências do fabricante.
 
2. Alise os fios sempre com um profissional de confiança, treinado e capacitado.
 
3. Exija que o cabeleireiro prepare o produto na sua frente. Infelizmente, alguns profissionais acrescentam formol à mistura, longe dos olhos da cliente.
 
4. ?Em caso de tosse, rouquidão, ardência, coceira ou queimação no couro cabeludo, interrompa o procedimento e lave imediatamente a cabeça apenas com água?, alerta o dermatologista.
 
5. Desconfie se você ficar isolada das outras clientes do salão. Por causa do forte cheiro de formol - em quantidade acima de 0,2% -, alguns cabeleireiros realizam o procedimento em local separado.
 
6. Atenção: se o cabeleireiro ligar o ventilador ou colocar máscara ou toalha umedecida no rosto, é sinal de que o produto contém quantidade de formol acima da permitida.
 
7. Informe o profissional sobre quais alisamentos você já fez, para ele saber se as químicas são compatíveis.

Voltar

Início      Carajás FM      Programação      Blog      Galeria      Contato